Louis Garrel

O filme O Formidável mostra, com um toque de humor, um período importante na vida de Jean-Luc Godard, um grande cineasta do século XX.

Entre vários óculos quebrados, o filme conta momentos doces e turbulentos de Godard: quando ele conheceu sua esposa (que era quase 20 anos mais nova que ele) nas gravações de A Chinesa; seus momentos de militância a favor do Mao Tsé-Tung; suas confusões mentais sobre o que era o cinema e que tipo de cinema ele gostaria de participar; e seu divórcio.

Minuciosamente dirigido por Michel Hazanavicius, o filme é muito imersivo, levando o espectador para perto de Jean-Luc Godard, como se estivesse convivendo com ele, onde no início ele é um cara doce e formidável e ao fim é quase insuportável conviver, por conta da sua militância.

Um filme tipicamente francês que exige do espectador um gosto por filmes alternativos e um pouco de compreensão histórica para realmente estar inserido no contexto. Não é um filme para se ver aleatoriamente quando vai ao cinema.

Com um elenco maravilhosamente talentoso, Louis Garrel como Godard e Stacy Martin como sua esposa Anne Wiazemsky, o filme faz acreditar que o ator é o verdadeiro Jean-Luc em frente às câmeras.

O Formidável, que estreia dia 26 de outubro, merece ser visto no cinema com amigos nos quais possa se discutir sobre o filme e o contexto, além de ser uma mescla perfeita de biografia e humor, arrancando risadas do público mesmo com simples diálogos entre os personagens.