Divulgação

Alexandre Cunha, que integra a equipe do Canal Brasil há 19 anos, acaba de ser promovido a Diretor de Programação e Aquisição de Conteúdo. Ele era responsável pelas áreas de Programação, Aquisição de Conteúdo e Logística do canal, onde está desde seu lançamento, em 1998.

O jornalista, com MBA em Gestão Empresarial, trabalha na Globosat há 26 anos, com passagens pelos canais GNT e Universal Channel. Escritor de contos nas horas vagas, foi premiado, em 2004, no 1º Concurso Contos do Rio, organizado pelo Jornal O Globo e pela Academia Brasileira de Letras. No mesmo ano, publicou seu 1º trabalho: Pracinha Xavier, parte integrante do livro Contos do Rio, da Editora Bom Texto.

Em 1998, recebeu um convite: planejar o lançamento do Canal Brasil. No primeiro ano de canal, acumulou as áreas de Programação e Produção (esta última até a chegada de um novo gerente). Em 2007, internalizou em seu setor a área de Pesquisa e Aquisição, montando uma estrutura própria, que antes era terceirizada pela Globosat. Em 2010, absorveu uma nova área: Logística de Material. Além do planejamento de programação, pesquisa e aquisição de conteúdo e logística de material; a área absorve as atividades de pós-negociação, inteligência de mercado e elaboração dos textos de divulgação de sua programação.