Reprodução

A RedFox Games anunciou conteúdos novos, como uma nova ferramenta de PVP e territórios inéditos que serão lançados 10 de janeiro de 2018.

A arena de Arsh permitirá disputas de PVP em grupo, sendo que o Líder vai poder montar times, escolher o tempo de batalha, numero de partidas e suas regras. Mas para ter acesso a essa arena por um dia o Líder ou Oficial de Guilda precisam pagar uma taxa de 10 milhões de moedas de prata retiradas do caixa da família, porém para participar ou observar partidas ativas não é preciso pagar nada.

O torneio de lançamento permitirá que as guildas participem gratuitamente, desde que cumpram as regras:

- É preciso estar acima do nível 56;
- Se unir a um grupo de amigos;
- Se inscrever até o dia 9 de janeiro.

Os detalhes e as regras das etapas preliminares (que vão acontecer dia 19 e 20 de janeiro) serão divulgadas quando todas as vagas forem preenchidas.

Os territórios adicionais do MMORPG são o Templo Aakman e a Mina de Enxofre Roud. Porém também terá atualização no sistema de penalidade PVP em algumas áreas do jogo como o Deserto de Valência, que incluem o Deserto Vermelho, o Grande Deserto de Valência, o Deserto Cantusa, as Dunas do Norte, as Dunas do Sul, o Santuário Lua Crescente, o Vale Titium, o Templo Naga do Deserto, o Templo Aakman, as Ruínas Hystria, a Mina de Enxofre Roud e a Prisão Pila Kan.

Na atualização os personagens que matarem outros a força serão marcados como malignos por 30 min e se forem mortos vão ser enviados para um acampamento de criminosos e sentenciados a um acordo com seu Karma. Além de tudo isso os itens Kibelius vão ser adicionados e o limite do Ponto de Contribuição aumentará para 400.