Divulgação

A CAIXA Cultural traz a Curitiba a peça teatral BR-Trans. O espetáculo, que faz temporada na CAIXA de 02 a 04 de fevereiro, concorreu aos principais prêmios do teatro brasileiro e aborda as vivências de travestis e transexuais no Brasil. Segundo a ONG Internacional Transgender Europe, o Brasil é o país onde ocorre o maior número de assassinatos de travestis e transexuais no mundo. Só nos primeiros meses de 2017 foram registrados mais de 150 casos de homicídio.

A peça apresenta de forma poética, inventiva e sem deixar de recorrer ao humor, histórias de superação vividas por muitas pessoas transgênero. O espetáculo, escrito e protagonizado pelo ator Silvero Pereira, já foi assistido por mais de 40 mil espectadores em várias cidades brasileiras, além de integrar a programação de festivais internacionais em países como Alemanha e Estados Unidos.

Idealizado pelo próprio ator, o espetáculo tem como interesse temático o universo de travestis, transexuais e artistas transformistas brasileiros. A montagem é resultante de um processo de pesquisa cênica que teve como perspectiva o teatro enquanto instrumento capaz de entreter, promover discussão e fomentar a transformação social através da arte.

"BR-Trans é um processo artístico-documental que traça os pontos convergentes e divergentes do universo trans brasileiro entre os polos regionais Nordeste e Sul do país. Trata-se de um trabalho estético com base nos afetos, nas relações estabelecidas durante a pesquisa e na oportunidade de provocar questionamento, quiçá uma transformação social a partir da quebra de preconceitos por meio da arte", afirma Silvero.

Serviço:

BR-Trans

Data
: de 02 à 04 de fevereiro
Horário: 20h; domingo às 19h

Local: CAIXA Cultural de Curitiba
Endereço: Rua Conselheiro Laurindo, 280

Entrada: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia)