Reprodução

São Paulo, a cidade mais populosa do Brasil, completa 464 anos e para comemorar, o Canal Brasil preparou uma seleção de filmes especiais no Canal Brasil Play e no VoD. Os assinantes poderão conferir os longas Amor em Sampa, Uma Noite em Sampa, Cidade Cinza, Marginal, Identidade Cotidiana, Antônia e São Paulo em Hi-Fi

Confira os longas disponíveis:

Amor em Sampa (2015)

Classificação: 12 anos
Direção: Carlos Alberto Riccelli e Kim Riccelli

Sinopse: São Paulo é o cupido de cinco histórias de amor ambientadas na cidade. Seja no reencontro entre amantes do passado, pombinhos prestes a oficializar a união ou a paixão pela terra da garoa, as histórias do filme de Carlos Alberto Riccelli e Kim Riccelli fazem uma ode à maior cidade do país.

Uma Noite em Sampa (2016)

Classificação: 12 anos
Direção: Ugo Giorgetti

Sinopse: Neste filme, São Paulo deixa de ser cenário para se tornar protagonista da história. Filmado em apenas uma locação – as adjacências do teatro Ruth Escobar –, o diretor traz uma comédia ácida sobre a paranoia da classe média com a violência urbana.
 
Cidade Cinza (2013)

Classificação: Livre
Direção: Marcelo Mesquita e Guilherme Valiengo

Sinopse: Colorir a cidade como um sinal de amor pelo lugar. A partir dessa premissa, os diretores Marcelo Mesquita e Guilherme Valiengo acompanharam o trabalho de grafiteiros que pintam suas artes nos muros da pauliceia. O rapper Criolo compôs uma música especial para o filme.
 
Marginal (2016)

Classificação: 14 anos
Direção: Alex Miranda e Pedro Caldas

Sinopse: Caos? Pressa? Poluição? Se essas palavras vêm à mente quando as marginais dos rios Tietê e Pinheiros são o assunto, vale a pena um olhar mais aprofundado. Claro que elas têm seus problemas, mas o documentário faz um registro afetivo e necessário para quem passa por ali sempre apressado.
 
Identidade Cotidiana (2015)
Classificação: 
12 anos
Direção: Anna Lucchese
Disponível no Canal Brasil Play
Sinopse: 
São Paulo é novamente o cupido nessa história de amor à primeira vista. E essa paixão é de gente que veio de longe – Alemanha, Inglaterra e Espanha, entre outros lugares – e nunca mais conseguiu ir embora. Tem muito gringo que chama a terra da garoa de casa sem receio.
 
Antônia (2007)

Classificação: 12 anos
Direção: Tata Amaral

Sinopse: As minas da periferia de São Paulo quebram tudo nesse drama assinado por Tata Amaral. Longe dos arranha-céus e das obras faraônicas, o maior berço do rap e hip hop nacional está nos bairros pobres, com uma galera cheia de atitude para mudar o mundo. E a maior cidade do país propicia o nascimento de gente de muito talento.
 
São Paulo em Hi-Fi (2016)

Classificação: 14 anos
Direção: Lufe Steffen

Sinopse: Parte da paisagem pode ser cinza, mas São Paulo é capaz de receber de braços abertos o grande arco-íris da diversidade sexual. O documentário de Lufe Steffen mostra como a cena gay evoluiu ao longo dos anos, de um início repressivo até se tornar o palco da maior parada LGBT do país.