Reprodução

Nesta qunta-feira, a Walt Disney Company comprou parte da 21st Century Fox por inacreditáveis 52 bilhões de dólares. A aquisição da Disney inclui grande parte dos estúdios e redes de entretenimento, deixando de fora apenas a Fox Broadcasting, Fox News, Fox Business, FS1, FS2 e Big Ten Network.

Para o público nerd e geek, isso se trata muito mais de uma simples compra. A transação trás X-MenDeadpool e Quarteto Fantástico para o mesmo universo dos atuais filmes da Marvel (também da Disney), chamado de MCU (Marvel Cinematic Universe). A franquia Avatar, de James Cameron, também são transferidas para a Disney. Além dos  filmes, séries como American Horror StoryModern Family e, sim, Os Simpsons passam a ser de propriedade da empresa presidida por Bob Iger.

"A aquisição desta coleção estelar de empresas da 21st Century Fox reflete a crescente demanda dos consumidores por uma rica diversidade de experiências de entretenimento que são mais convincentes, acessíveis e convenientes do que nunca", disse Iger.

Não só franquias de filmes e séries entram para o catálogo da Disney: canais também. FX NetworksNational Geographic e 20th Century Fox Television são algumas das redes que começam a fazer parte do conglomerado Walt Disney Company.


 Reprodução

Canais e franquias que passam para a Disney com a transação
 
Esta não é a primeira vez que a Disney faz uma transação bilionária e nem deverá ser a última. A mais recente, além da aquisição da Fox, foi a criticada compra da Lucasfilm Ltd., responsável pela saga Star Wars, por US$ 4 bilhões em 2012. Apesar de tudo, a compra se mostou bastante produtiva, dando luz à uma nova trilogia de filmes, além de spin-offs contando mais daquele mundo. 

Com certeza uma das maiores e mais significativas aquisições da empresa foi a da Marvel, em 2009, que deu origem à um universo cinematográfico com Os Vingadores, onde juntou os principais heróis dos quadrinhos da Marvel. Com a compra da Fox, mais heróis devem entrar nos filmes, como Wolverine e o próprio Deadpool

Por enquanto, os projetos que anteriormente eram da Fox, como Deadpool 2, vão continuar em produção do jeito que foram pensados. O próprio Bob Iger disse que "a companhia está comprometida a trabalhar em sequências de Deadpool e consegue ver um futuro em que os Marvel Studios tenham uma divisão para maiores, desde que deixem o público saber do que está a caminho".