Getty Images

Em dezembro, grupo firmou novo acordo com Sony Music/Inside Out
 
O grupo de metal progressivo estadunidense Dream Theater voltará aos estúdios em maio deste ano, de acordo com o tecladista Jordan Rudess. Já em dezembro do ano passado, a hipótese de um novo disco tomou força quando a banda assinou novo contrato com a gravadora Sony Music/Inside Out para a produzir o disco sucessor de The Astonishing, lançado em 2016 via Roadrunner Records. O novo trabalho será o 15º disco de estúdio do conjunto.

Ainda em dezembro, o guitarrista John Petrucci havia afirmado que o grupo não deveria voltar ao estúdio até 2019. Rudess foi ao encontro do comentário dizendo que previa o lançamento de um novo disco em aproximadamente um ano. "Nós não voltaremos ao estúdio antes de maio. O processo precisa de tempo para criação, por isso, o próximo trabalho deve sair em um ano ou menos", disse ele à revista inglesa Vintage Rock.

Ainda de acordo com o tecladista, enquanto o Dream Theater não possui sobras de material, uma vez que um disco é concluído, o grupo ainda contém ideias obtidas durante as sessões do The Astonishing. "Uma das coisas que aconteceram em The Astonishing é que nós tivemos muito mais ideias do que as utilizadas", contou. "Muitas vezes nós mergulhamos em um disco sabendo o que queremos fazer. Mas em The Astonishing nós tivemos muitas ideias que não utilizamos, não porque eram ruins, mas porque estávamos tentando capturar algo que realmente nos ajudasse a contar a história. Talvez alguma coisa simplesmente não funcionou bem", explicou.

John Petrucci admitiu ainda que os shows de celebração de 25 anos do disco Images & Word podem ter uma influência no próximo álbum. "Eu acho que isso reconecta com a música da era que tocamos agora com a nossa mentalidade no início dos anos 1990. Isso nos reconecta com o estilo musical desse período do Dream Theater", comentou. Mais detalhes do sucessor de The Astonishing serão revelados em breve.