Getty Images
("Fast" Eddie Clark, na esquerda, ao lado de Phil "Philthy Animal" Taylor e Lemmy Kilmister, em 1978)

Na manhã de hoje hoje, houve anúncio de planos para um show tributo a Lemmy Kilmister

O guitarrista original do grupo de heavy metal inglês Motörhead, "Fast" Eddie Clarke, morreu na noite de ontem, 10/01, aos 67 anos. O músico faleceu por conta de uma pneumonia. A notícia foi anunciada pelo página oficial da banda no Facebook, onde houve a produção de uma declaração. "Nós estamos devastados por termos de dar a notícia de que acabamos de saber, no início desta noite. Edward Allan Clarke, ou Fast Eddie Clarke, como todos nós conhecemos e amamos, veio a falecer", estava escrito.

E o texto prosseguiu. "Ted Carroll, quem formou a Chiswick Records, fez o triste anúncio pela sua página no Facebook após ouvir de Doug Smith que Fast Eddie morreu em paz no hospital, onde estava sendo tratado contra pneumonia. Fast Eddie... continue rugindo, fazendo rock como um homem maldito. Sua família Motörhead não espera nada além disso! Descanse em paz Fast Eddie Clarke – 05/09/1950 - 10/01/2018".

Entrando na história do Motörhead, Clarke foi introduzido a Lemmy Kilmister pelo baterista  Phil "Philthy Animal" Taylor, no meio dos anos de 1970. Assim, integrou a banda em 1976, participando disco de estreia, lançado em 1977, Overkill Bomber, de 1979, Ace Of Spades, de 1980 e Iron Fist, de 1982. 

O guitarrista deixou o grupo durante a turnê de divulgação de Iron Fist, realizada nos Estados Unidos. O motivo, segundo ele próprio, foi por estar infeliz devido ao modo como tal trabalho foi finalizado. Em 1983, Eddie Clarke lançou seu autointitulado disco de estreia na carreira solo. Ao todo, o guitarrista divulgou seis discos de estúdio.

E hoje, 11/01, o guitarrista atual do MotörheadPhil Campbell, declarou que está planejando um show tributo ao vocalista e baixista do grupo, Lemmy Kilmister, morto em 2015 devido a um câncer terminal no cérebro e pescoço. "Sim, está nos planos! Mas serão apenas alguns shows seletos. Sendo assim, não haverá uma turnê extensa", informou Campbell ao ser confrontado pelo repórter Mitch Lafon se o Motörhead se reunirá para shows ao vivo com convidados como James Hetfield, do Metallica, ou Dave Grohl, do Foo Fighters.

De acordo com ele, está junto com o baterista Mikkey Dee na tentativa de envolver essas pessoas no projeto. "Nós só faremos alguns shows  especiais ao redor do mundo, os quais serão um tributo a Lemm e a banda", contou. "Mas não serão apresentações constantes, pois todos estamos muito ocupados", explicou. "Porém, podemos fazer algo especial. Nós ainda estamos tentando trabalhar nisso agora", concluiu.