Divulgação

Em celebração aos 90 anos do nascimento de Ariano Suassuna, a companhia Barca dos Corações Partidos buscou uma história original para refletir o universo do escritor paraibano. Suassuna: O Auto do Reino do Sol é ambientada num picadeiro circense, lugar significativo para o dramaturgo, que se confessava um palhaço frustrado. Após aclamada estreia, em junho, no Rio de Janeiro, o musical chega ao Recife para dupla apresentação, dias 3 e 4 de novembro, no Teatro Guararapes, numa produção local da Art Rec Produções

Com canções de Chico César, Beto Lemos e Alfredo Del Penho, encenação de Luiz Carlos Vasconcelos e texto de Bráulio Tavares, o espetáculo conta a história de uma trupe de circo que viaja pelo Sertão à procura da Vila de Taperoá, onde irá se apresentar em uma festa em homenagem a Ariano Suassuna.

O projeto sempre quis falar de Ariano, mas sem caráter biográfico ou mesmo uma adaptação de suas obras. "Quando entrei na história, já estava decidido que não seria um espetáculo Armorial e teríamos a liberdade de subverter. A criação foi toda impregnada de Ariano, de seus personagens e de seu universo", relata Luiz Carlos Vasconcelos, que trouxe toda a sua imensa bagagem como palhaço para o processo. "É uma homenagem ao Ariano palhaço. O público é guiado por uma espécie de Palhaço Mestre de Cerimônias, como era habitual em seu teatro", diz.

Serviço:

Suassuna: O Auto do Reino do Sol

Data: 
03 e 04 de novembro
Horário: 21h (03/11); 20h (04/11)

Local: Teatro Guararapes
Endereço:  Av. Prof. Andrade Bezerra, S/N, Salgadinho
Telefone: (81) 3182.8020

Classificação: 12 anos
Duração: 120 minutos 

Ingressos:

Plateia inteira: R$ 104 
Meia: R$ 52 

Balcão inteira: R$ 50
Meia: R$ 25